Netflix || Jessica Jones – 2ª Temporada

jessicajones
Compartilhar:

Faz alguns dias que terminei a segunda temporada de Jessica Jones na netflix e queria vir aqui falar um pouco sobre ela. Na primeira temporada, temos uma apresentação sobre quem é Jessica, o que ela faz, seu relacionamento com Luke Cage e Killgrave. Foi temporada inicial arrasadora.

2690279.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

No começo deste segunda temporada, temos uma certeza: Jessica continua bebendo muito, investigando pequenos casos na Alias, xingando bastante e muito temperamental. E o mais legal disso tudo que é que a personagem não precisa ser definida por alguma coisa, alguém ou o quê. Jessica Jones tem força para manter sua série solo no ar e continuar conquistando fãs ao arredor do mundo. A personagem tem lá suas fraquezas e vícios, mas o tempo inteiro está lutando consigo mesma na tentativa de se pôr a prova.

4450838.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

A trama da segunda temporada está relacionada com o passado de Jessica e de onde ela surgiu. Como ela foi parar na família de sua amiga Trish e como ganhou seus poderes. Há revelações baphônicas no decorrer da temporada que só contribuem para aumentar a nossa expectativa. O que dá para dizer que Jessica acaba encontrando várias mortes que se relacionam com uma instituição misteriosa de seu passado.

Outro ponto a favor é o aprofundamento de personagens que ficaram em segundo plano na primeira temporada, como Trish e Malcom. Além de Jessica Jones, Jeri Hogarth, interpretada pela maravilhosa Carrie Anne Moss (a Trinity, de Matrix). Hogarth já fez aparições em outras séries da parceria Marvel-Netflix, mas é aqui que conhecemos mais sobre a advogada.

5960726.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Entretanto, é válido dizer que os vilões desta temporada são fracos. Não há nada fora do comum, mas o roteiro consegue manter uma boa narrativa e o interesse do espectador, o que é o principal. Ah, e temos mais Killgrave em alguns episódios e, vê-lo novamente, é sensacional.

Por fim, a segunda temporada de Jessica Jones tem mais altos do que baixos. Tem uma trama interessante, Killgrave, Trish dando vários “pitís”, cenas belíssimas da Hogarth e uma Jessica Jones que não se considera uma heroína, mas que, do seu jeito, tenta fazer as coisas certas. A fotografia e a direção de arte estão incríveis, dando um toque muito urbano e quase noir ao seriado. E só para finalizar: além da série ser criada por uma mulher, cada episódio é dirigido por uma. Melissa Rosenberg, a criadora (showrunner), ainda disse que isso não deveria ser algo incomum e que gostaria de ver mais mulheres fazendo o mesmo e lutando por seu espaço. Legal, não é?

A segunda temporada está disponível na netflix!!

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*