Literando || A Garota do Penhasco

Design sem nome (1)
Compartilhar:

Lucinda Riley é uma romancista incrível. Sempre digo isso quando acabo de ler seus livros. E com A Garota do Penhasco, não é diferente.

Em A Garota do Penhasco, conhecemos Grania Ryan. Grania é irlandesa, mas morou em Nova Iorque por cerca de dez anos, até que resolveu voltar para a casa dos pais no interior da Irlanda. Uma artista em busca do sucesso, mas também uma mulher com sentimentos feridos e com uma personalidade fortíssima e um orgulho que, ás vezes, a impede de seguir em frente. Decidida, independente, mas com um segredo que a fez fugir de tudo, inclusive de seu noivo. Grania conhece Aurora em um penhasco. Encontra a menina de camisola e olhando para o infinito mar revolto, não entendendo o que aquela garotinha estaria fazendo ali. Passado o primeiro momento, ela passa a conviver com Aurora e, a pedido de seu pai, cuida da garota por algum tempo até que ele retorne de suas viagens misteriosas. E é assim que Grania se apega a Aurora e que sua vida começa a virar de cabeça para baixo.

A Garota do Penhasco é um romance de ficção histórica com um “quê” de sobrenatural, bem diferente de outros livros da autora. A história, a princípio, é narrada em primeira pessoa por Aurora que, aos poucos, nos dá pistas sobre o porquê de estar narrando aquela história. Em outros momentos, na maior parte do livro, a narração passa a ser feita em terceira pessoa, para que possamos ter uma ideia mais ampla do que está acontecendo, tanto na Irlanda, quanto em Nova Iorque.

A-Garota-do-Penhasco-Frente

As mulheres de Lucinda Riley são incríveis. Tanto as protagonistas contemporâneas quanto as personagens históricas.  Sempre são bem destacadas e suas ações, geralmente hercúleas, são o que as tornam memoráveis. Ainda, vale lembrar que a autora faz uma pesquisa histórica incrível para poder basear seu livro. Então alguns personagens já são conhecidos do público em geral ou, se não são, ela nos apresenta quase pessoalmente.

A Garota do Penhasco tem um desfecho ótimo. Nos ensina muito sobre as diferentes formas de amor, sobre orgulho e altruísmo. Apesar do livro seguir a fórmula clássica que a autora utiliza para suas outras obras, ainda sim, vale a leitura! E lembrando que o livro está na promoção no Kindle Unlimited, da Amazon.

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*