Crítica || Dupla Explosiva

Dupla Explosiva - 1920x1080 (1)
Compartilhar:

Imagina um filme com Samuel Jackson e Ryan Reynolds ? Pois bem, não só existe como é um filmão.

DuplaExplosiva02

Dupla explosiva chegou aos cinemas dia 31 de agosto e conta a história do guarda costa Michael Bryce (Ryan Reynolds) que “ganha” a missão de proteger seu pior inimigo: Darius Kincaid (Samuel Jackson), um matador de aluguel. Ao decorrer do filme ganhamos a participação de Salma Hayek como esposa do matador.

DuplaExplosiva01

Resumidamente, Kincaid é testemunha chave de um processo contra o ditador da Bósnia (Gary Oldman), entretanto a missão é dada para a agente iniciante da Interpol, Amelia Roussel (Élodie Yung), que cai em uma cilada e toda a sua equipe é disseminada. Com apenas 24 horas para chegar ao tribunal não resta alternativa a não ser chamar seu ex-namorado e guarda costa para ajudar na tarefa. A partir daí começa a missão que nos garante boas risadas e ótimas cenas de ação. A composição do elenco contribui muito para isso, Samuel e Ryan são uma dupla pra lá de afinada e com experiência de sobra em cenas como as apresentadas.

A agradável participação de Salma Hayek é o outro acerto do filme, assim como Élodie Yung. As duas trazem a leveza e bom humor sem deixarem de lado a força e coragem de suas personagens.

O único ponto negativo é o final clichê bem típico de filmes desse gênero, mas que mesmo assim fazem o ingresso valer a pena e não prejudicam a experiência.

DuplaExplosiva04

Rostos conhecidos

Dupla explosiva aposta em um elenco de peso com atores que estão envolvidos em algum grande trabalho nos últimos tempos. Ryan Reynolds é o maior exemplo disso, seu último trabalho foi Deadpool que arrancou elogios da crítica e foi recorde de bilheteria com seu herói do avesso.

O último personagem de Samuel Jackson foi o Rei Leopoldo em A Lenda do Tarzan. O ator é tão bom no que faz que arrancou de David Yates (diretor de A Lenda do Tarzan) que o personagem deveria ter um filme solo.

Quanto á Élodie Yung, esta é conhecida por sua personagem na série Demolidor do Netflix, interpretando Electra, numa versão inteiramente diferente da versão cinematográfica. Salma Hayek é a única que não está em filmes de sucesso que desembarcaram por aqui, mas vale lembrar da sua excelente atuação em Frida, filme que a fez ser indicada ao Globo de Ouro e ao Oscar por interpretar a icônica artista de origem mexicana como ela.

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*