Crítica || Até o Último Homem 

MV5BMjM5MjM1NDg4M15BMl5BanBnXkFtZTgwMzUwNDU0MDI@._V1_SX1500_CR0,0,1500,999_AL_
Compartilhar:

Filmes de guerra são um show a parte. Um espetáculo audiovisual cujo objetivo é mostrar um dos lados de uma guerra, seus conflitos, seus dramas… seja através do ponto de vista de um único soldado ou de um ponto de vista político, podendo ou não contemplar seus espectadores com cenas aterradoras de batalha ou com roteiros emocionantes.

MV5BMjQ1NjM3MTUxNV5BMl5BanBnXkFtZTgwMDc5MTY5OTE@._V1_SY1000_CR0,0,647,1000_AL_

Hackshaw Rudge, título original, conta a história de Desmond Doss, um menino magrelo e tímido que quer servir ao exército mas se recusa a portar e usar uma arma. Interpretado por Andrew Garfield, o personagem principal é introvertido, ligado a família, a religião e com valores morais que colocam em xeque os ideais daqueles que acabam de conhecê-lo. Junto a Andrew, está Teresa Palmer, interpretando uma enfermeira que se apaixona por Doss; e ainda o elenco conta com nomes como Hugo Weaving, Sam Worthington e Vince Vaungh, sendo que este acaba por surpreender o espectador, já que ele é um rosto conhecido em filmes de comédia e não em dramas.

MV5BYzI5ZmU0ODMtODU2ZC00ZDc1LTg0YTAtNzhmZDgxNjljOTNiXkEyXkFqcGdeQXVyNTY0MTkxMTg@._V1_SY1000_SX1500_AL_

A direção do longa é de Mel Gibson, que foi inteligente em utilizar uma abordagem que divide a trama em três partes para contar a história de Desmond Doss de maneira detalhada e enxuta, sem exageros, já que se trata de um longa-metragem biográfico. Doss é um personagem religioso que foi construído e interpretado de maneira delicada e, ao mesmo tempo, intensa pois qualquer deslize o tornaria caricato.

MV5BYzEyN2I0ZTMtMGE5Ny00NjJmLWI1NjMtYjU2NTRlN2EzN2Y0XkEyXkFqcGdeQXVyNTY0MTkxMTg@._V1_SY1000_SX1500_AL_

Entretanto, este não é um filme religioso, embora a religião esteja presente em todo o longa. O foco é a visão que Desmond Doss tinha sobre a vida humana e sobre seu papel em uma guerra. O contraste entre a visão do soldado com a realidade do combate é conflitante e dolorosa, que exige um ato de coragem e é emocionante ver que Andrew Garfield conseguiu colocar isso em sua atuação.

MV5BNzg4MTkxODg2NV5BMl5BanBnXkFtZTgwNzEwNjc0MDI@._V1_SX1500_CR0,0,1500,999_AL_

Utilizando de uma fotografia escura e fria, e de efeitos visuais muito realistas, Mel Gibson torna seu filme uma obra impactante, cujas cenas de combate são angustiantes e tensas, mas que mantém  o espectador vidrado até o final.

Até o Último Homem é, sem dúvida, um dos melhores filmes de guerra do momento e está concorrendo em seis categorias no Oscar este ano. É uma história real que foi contada ao mundo da melhor maneira que podia ser, nos dando uma lição de moral sobre caráter e valores.

Imagens: Imdb.com
Nota: 5/5

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*