Season Finale || O Atirador

SHOOTER -- "Killing Zone" Episode 106 -- Pictured: Ryan Phillippe as Bob Lee Swagger -- (Photo by: Jeff Daly/USA Network)
Compartilhar:

Mark Wahlberg com certeza fez sucesso em um filme de ação e suspense chamado O Atirador. O longa contava a história de um ex-atirador de elite americano que vivia isolado e tinha sido contatado pelo governo para proteger o presidente americano. Entre cenas de ação e muitos tiros, o filme fez um sucesso tremendo e ele fez seu nome ainda mais no meio dos filmes de ação. E quando estava a procura de algo novo para ver no Netflix, me deparei com a série cuja premissa é a mesma do filme e, ao olhar a ficha técnica, constatei que Mark Wahlberg é o produtor. Promete ser boa ou não? Vamos conferir?

SHOOTER -- "Primer Contact" Episode 110 -- Pictured: (l-r) Lexy Kolker as Mary Swagger, Shawntel VanSanten as Julie Swagger -- (Photo by: Eric McCandless/USA Network)
SHOOTER — “Primer Contact” Episode 110 — Pictured: (l-r) Lexy Kolker as Mary Swagger, Shawntel VanSanten as Julie Swagger — (Photo by: Eric McCandless/USA Network)

Bob Lee Swagger é um atirador de elite renomado que é chamado pelo governo americano para ajudar na proteção do presidente dos Estados Unidos. Sendo um dos melhores no que faz, ele aceita, a contra-gosto e a pedido da esposa. Contudo, acaba envolvido em um esquema de corrupção complexo e ele tem que lutar pela sua vida, pela vida de sua família e por sua inocência.

Quem interpreta Bob Lee é Ryan Phillipe, que já tem 22 anos de carreira entre filmes e séries, e faz seu personagem da melhor maneira possível. Swagger é sagaz, inteligente e ágil, não mede esforços durante sua saga até provar sua inocência. O ator compõe um personagem que não está preocupado em aparecer ou tentar mostrar seus esforços, até porque ele é o melhor naquilo que faz; mas a diferença aqui é que Bob Lee não é frio e calculista como o atirador do longa-metragem, mas mostra-se o tempo inteiro preocupado com a família.

SHOOTER -- "Primer Contact" Episode 110 -- Pictured: (l-r) Omar Epps as Isaac Johnson, Cynthia Addai-Robinson as Agent Nadine Memphis -- (Photo by: Eric McCandless/USA Network)
SHOOTER — “Primer Contact” Episode 110 — Pictured: (l-r) Omar Epps as Isaac Johnson, Cynthia Addai-Robinson as Agent Nadine Memphis — (Photo by: Eric McCandless/USA Network)

A série tem um desenrolar rápido, mas preocupa-se em todos os episódios em manter o espectador atento ao que está acontecendo. Seu ritmo intenso entre cenas de diálogos e cenas de ação, propiciam uma experiencia diferente se comparado ao longa metragem. Sem dúvida, o número de episódios (dez ao todo) permite que a trama seja explorada ao máximo, adicionando personagens importantes e dando-lhes uma boa história e, melhorando aqueles que já são conhecidos pelo público.

SHOOTER -- "Primer Contact" Episode 110 -- Pictured: Cynthia Addai-Robinson as Agent Nadine Memphis -- (Photo by: Eric McCandless/USA Network)
SHOOTER — “Primer Contact” Episode 110 — Pictured: Cynthia Addai-Robinson as Agent Nadine Memphis — (Photo by: Eric McCandless/USA Network)

Além de uma produção bem feita, O Atirador (Shooter, em inglês) tem uma sequencia de episódios muito bem arrematada que deixa perguntas sem resposta em seu desenvolvimento, mas que se preocupa em respondê-las em um tempo certo. A única pergunta que fica no ar é como a trama irá continuar, uma vez que a narrativa principal já foi finalizada, afinal de contas a Netflix já confirmou a segunda temporada. Sugiro pipoca, guloseimas e uma maratona.

Imagens: Imdb/Netflix

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*