Crítica || Minha mãe é uma peça 2

minha mãe é uma peça_filhos
Compartilhar:

A continuação do filme Minha Mãe é uma Peça mostra que a Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uns dos personagens mais amados do cinema. Agora a família discute a independência, tanto para os filhos quanto para os pais.

Neste filme a família se encontra assim: Juliano (Rodrigo Pandolfo) formado em direito, porém desempregado e se assumindo como bissexual; Marcelina (Mariana Xavier) correndo atrás do sonho de ser atriz e a mãe pegando no pé para procurar um emprego até o dia que consegue um papel em uma peça de teatro e tem que ir morar em São Paulo, fato que deixa Dona Hermínia furiosa e triste.

Entretanto esses não são as únicas preocupações da mãe coruja, pois sua tia Zélia (Suely Franco) está com Alzheimer e aos poucos não consegue lembrar de quase nada. Sua irmã mais velha, Lúcia Helena (Patrícya Travassos) vem de Nova York passar uma temporada no Brasil, mas ela é toda alternativa, ou seja, bem diferente da Dona Hermínia. Além de Carlos Alberto (Herson Capri) continuar sendo um mulherengo.  E ainda tem neto Pedro, filho de Garib (Bruno Berbiano) – filho mais velho – que foi  passar uns dias com a vovó.

E no meio disso tudo tem as gravações do seu programa. Ufa! É muita coisa para uma pessoa só dar de conta, mas como dizem por aí mãe é mãe e Dona Hermínia não é qualquer uma.

minha mãe é uma peça _ apresentadora
Dona Hermínia / Divulgação

Marcelina e Juliano estão tentando dar um start em suas vidas, Garib continua em Brasília; e a mãe? A mãe resolve descobrir como é viver sem os filhos, inclusive decidindo viajar para outro país. Talvez possa ser a deixa para a próxima aventura de Dona Hermínia (que já estamos ansiosos para ver como ela vai se sair nos EUA).

Garantindo boas risadas e até momentos de emoção, Minha Mãe é uma Peça traz como mensagem principal a dificuldade que nossas mães enfrentam ao notar que crescemos e deixamos de ser apenas delas para sermos do mundo. Esse é um dos momentos mais tristes e reflexivos do filme, afinal não é fácil cortar o cordão umbilical para os dois lados.

Dessa vez além de rir, saímos do cinema com o sentimento que às vezes somos cruéis com nossas mães, principalmente quando elas apenas querem nos proteger enquanto nós queremos descobrir o mundo como nossas próprias asas.

Participações Especiais

O filme conseguiu ter Fátima Bernardes dando conselho para Dona Hermínia e o marido de Paulo Gustavo o dermatologista Thales Bretas.

 Números

Minha Mãe é uma Peça foi lançado em 22 de dezembro de 2016 e já alcançou números incríveis: é o quarto filme mais visto na história do cinema nacional, no primeiro final de semana de exibição o filme levou 1 milhão de telespectadores para as salas, hoje alcançou a marca de 6 milhões de pessoas e segue liderando como o filme mais visto nos últimos finais de semana. E você? Está esperando o quê para correr para o cinema e ir rir com a Dona Hermínia?

Maria Helena Sobrinha – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *