Literando || Não Olhe! (FML Pepper)

Compartilhar:


 “Não Olhe!” é a continuação de “Não Pare!”, o primeiro livro da trilogia da autora nacional FML Pepper. Para ler a resenha da primeira parte, clique aqui.

“Se a morte possui muitas faces, em qual delas confiar?”

A trama continua com Nina muito fraca e sendo levada para um lugar desconhecido. O tempo todo ela fica naquele vai e vem de consciência, até que finalmente, após ver Richard, ela cai em sono profundo. Para seu desespero, ela acorda num lugar totalmente desconhecido, que logo vem a saber que é o Clã de Thron, o mundo de Richard. Thron fica em Zyrk, e por sua vez, Zyrk é descrito como um lugar sombrio, um tanto inóspito e cinzento; e Thron, acaba por ser um lugar semelhante, também escuro, com pedras negras, sem qualquer artifício decorativo, tornando o clã um local sóbrio. De certa forma, imaginei Thron e Zyrk como Mordor, ao me lembrar das palavras de Boromir, e de alguma forma, acho que elas se encaixam perfeitamente com Thron:

“Não é tão simples entrar em Mordor. Seus portões negros são guardados por mais do que apenas orcs. Lá o mal não dorme, e o Grande Olho está sempre vigilante. É uma terra árida, cheia de fogo e de cinzas e poeira. O próprio ar que se respira é uma fumaça venenosa.”

Em Thron, Nina descobre muito mais sobre Richard e seu modo de vida; o conhece ainda mais profundamente e, a cada nova descoberta, fica mais confusa sobre como se sente sobre ele. Em Thron ele é reconhecido como o melhor resgatador, ninguém o desobedece e é famoso entre as mulheres, e seu temperamento também não é dos melhores. Entretanto, o que mais me chamou atenção em Thron é seu líder: Shakur, um homem com um lado do rosto mascarado, que quase não é visto pelo seu povo e muito menos pelos outros habitantes de Zyrk… E sobre isso, bem, já tenho lá minhas teorias.

Não Olhe continua dinâmico como seu antecessor. E, novamente, sua riqueza de detalhes é perfeita. Neste volume, após sua estada em Thron, a vida de Nina tem uma tremenda reviravolta e ela passa a conhecer novos lugares de Zyrk, entre eles o clã Storm e Windston.

A cada nova estada num clã, conhecemos mais um lado da história, de mais um líder e um povo. E cada um deles pensa de uma forma em relação a toda a lenda/profecia e sobre a híbrida, como Nina é conhecida. Ela, aos poucos, vai se metendo em muito mais confusão em relação aos seus sentimentos e a história de sua vida, ficando mais envolvida com Richard.

Também passamos a conhecer outros personagens importantes, ressalva para alguns a qual eu adoraria matar e estapear para ver se caem na real. Mas, o que importa é que ao longo deste livro, principalmente nos capítulos finais, Nina mostra uma grande mudança em sua personalidade, tornando-se mais corajosa e disposta e lutar pelo seu próprio destino.

No final, é claro, ficaram inúmeras perguntas, mas um enorme gosto de quero mais. Novamente, a trama continua sendo interessantíssima, envolvente e extremamente dinâmica, sem deixar o leitor perder o ânimo.

Não Olhe! é uma passagem para uma aventura alucinante, transportando o leitor para uma dimensão paralela e o tornando um personagem que, assim como os protagonistas, busca um desfecho para esta incrível história.

#Classificação: 5/5 

Xoxo

 

Formada em gastronomia por uma universidade paulista, especialista em jornalismo cultural e uma artista por natureza. Apaixonada por livros, séries e cinema desde sempre.

Nina Xaubet – que já escreveu publicações em Cinefilando.


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *