Cinefilando Crítica: Premonição 4

Premonição 4

(The Final Destination)

Ano: 2009

Gênero: terror

Mídia: cinema

A série Premonição teve início em 2000 trazendo aos cinemas mortes bizarras, e um pouco de terrir, divertindo bastante o público (principalmente adolescente) o filme fez sucesso o que tornou uma franquia com mais 3 continuações, a última entrando no formato 3D. Sempre trazendo a mesma fórmula, adolescente tem uma premonição sobre uma trágédia com várias mortes e consegue escapar a tempo, porém logo percebe que “a morte” está atrás de todos os sobreviventes e a única chance de viver é tentar quebrar a sequência das mortes (quase sempre sem sucesso).

Neste quarto filme nada muda, porém a idéia primodial do filme já se mostra bastante cansada, e o pior, as mortes (muito originais dos filmes anteriores) sumiram, agora estão acontecendendo após uma série de eventos extremamente bizarros e inusitados, além do que, a criatividade parece ter desaparecido de vez quando se nota a repetição de uma das mortes dos filmes anteriores (lembra do atropelamento do onibus?).

Não era de se esperar um roteiro criativo cheio de reviravoltas e sim apenas um passa-tempo divertido o que não acontece, exceto na sequência inicial e a do shopping. A técnologia 3D não foi explorada devidamente o que traz poucos sustos aos espectadores. Uma pena.

Nota: 4,0