Cinefilando Crítica: Se Beber Não Case

sebeber  

 Se Beber Não Case

 (The Hangover)

 Ano: 2009

 Gênero: comédia

Mídia: cinema

Dois dias antes do casamento o noivo e três amigos vão para Las Vegas celebrar a despedida de solteiro, porém na manhã seguinte os três amigos acordam sem se lembrar de nada e com o noivo sumido. 

Para tirar o gosto amargo da garganta, deixado pelo O Anti Cristo, nada melhor que um filme leve e despretencioso, então lá fui eu pro cinema (com meus ingressos grátis dados pela Warner) e me surpreendi com um ótimo filme.

Como descrevi no início a história é simples, porém o desenrolar é hilário, ao acordar no quarto do hotel (de cabeça pra baixo diga se de passagem) encontram um monte de tranqueiras espalhada, além de um bebe e um tigre! Além  do noivo desaparecido!! Passo a passo tudo vai se revelando de maneira rápida e objetiva, o que torna o filme extremamente dinâmico. Pequenas histórias vão se encaixando e num piscar de olhos finalizam o filme.

O grande destaque entre os atores é Zach Galifianakis, interpretando o cunhado-retardado, não há uma cena se quer sem tirar risadas do espectador.

Uma ótima edição e uma trilha sonora competente completam este filme, que na minha opnião, está entre os melhores do ano, prova de que Hollywood ainda pode nos surpreender.

NOTA: 9,0

Posts anteriores>

 

◊  12-07-2009, Trailer